PKF Portugal

PKF
Notícias

Home Noticias Notícias COVID-19: Nova linha 1.000 M€

COVID-19: Nova linha 1.000 M€

No contexto das medidas de carácter extraordinário para apoio ao emprego e à atividade empresarial, está disponível para candidaturas a nova linha de financiamento exclusivamente para necessidades de tesouraria, com uma dotação de 1.000 milhões €, exclusivamente para Microempresas (700 milhões €) e Pequenas empresas (300 milhões €). Face às linhas anteriores, foram implementadas novas regras de distribuição da linha, por recurso a quotas de utilização da linha pelas instituições bancárias, em oposição ao tradicional modelo de distribuição "first come first served”.

Condições:

Prazo de vigência da linha

  • Candidaturas até 31 Dezembro 2020

Montantes máximos de financiamento por empresa

  • Microempresas » 50.000 €
  • Pequenas empresas » 250.000 €

Os montantes não podem ainda exceder:

  • o dobro da massa salarial anual;
  • 25% do volume de negócios em 2019;
  • montante pode ser superior desde que devidamente justificado e com base num plano que estabeleça as necessidades de liquidez.

As operações de crédito

 

  • Tipo » empréstimos bancários de curto e médio prazo
  • Prazo da operação » até 6 anos após contratação da operação
  • Carência de capital » até 18 meses
  • Prazo de utilização » uma única utilização da totalidade do montante no prazo de 15 dias úteis a contar da data do contrato, com data-valor do crédito no Banco na data da efetiva disponibilização dos fundos
  • Juros » suportados integralmente pelo beneficiário, na modalidade de taxa de juro fixa (taxa swap Euribor) ou variável (Euribor a 1, 3, 6 ou 12 meses + spread (1% para empréstimos com maturidade até 1 ano, 1,25% entre 1 a 3 anos e 1,5% entre 3 e 6 anos)
  • Garantia » até 90% do capital em dívida
  • Contragarantia » 100% pelo Fundo de Contragarantia Mútuo

Beneficiários (critérios de elegibilidade)

 

Alguns dos critérios de elegibilidade, cumulativos são:

  • Sem incidentes não regularizados junto da Banca e Sistema de Garantia Mútuo
  • Situação regularizada junto da Administração Fiscal e Segurança Social
  • Não ter qualquer operação de financiamento, aprovada ou contratada, no âmbito de uma linha ou sublinha de crédito com garantia mútua criada para apoio à normalização da atividade
  • Quebra de 40% na faturação
  • Entre outros.

Fale connosco para saber se a sua empresa é elegível e foque-se no seu negócio enquanto preparamos a candidatura e o ajudamos a submeter este apoio.

Contactar:

luis.maltez@pkf.pt

See more Notícias items